Sol, uma terapia natural

Na mitologia de numerosas culturas, religiões e civilizações antigas, desde os egípcios, astecas, chibchas e incas, até os chineses, japoneses, gregos e hindus, passando pelos primeiros nórdicos, o Sol foi venerado como um deus ou deidade e lhe adjudicavam um poder central em suas vidas.

Leia também:
Guia do protetor solar, ou como manter sua pele perfeita


Prova disso são as numerosas representações artísticas, monumentos e petróglifos com símbolos solares, que remontam até mesmo às idades da Pedra e do Bronze há milhares de anos.
Em tempos mais recentes, a ciência demonstrou, por meio de numerosas pesquisas, que apesar de estar a cerca de 150 milhões de quilômetros de nosso planeta, a atividade solar tem um impacto decisivo sobre a vida terrestre e a saúde humana.

Segundo Daniel Lumera, doutor em Ciências Naturais e pesquisador dos efeitos terapêuticos da energia solar, "a luz do sol sintetiza a vitamina D, que serve para fixar o cálcio nos ossos, previne os resfriados, as doenças auto-imunes e a asma. Protege o coração, regula o bom funcionamento do fígado e dos intestinos, ajuda a não engordar...".

Para este especialista, autor do livro “El código de la Luz” (“O código da luz”, sem versão em português), o sol "regula os impulsos de fome, sede e sono" e ajuda o organismo a produzir vitamina D, que atua no desenvolvimento muscular durante a adolescência, na formação do colesterol, na resistência dos sistemas nervoso e imunológico, assim como na força física, na capacidade de atenção e na aprendizagem".

Menina desfruta o sol e o mar em uma praia de Almeria, na Espanha. Foto: J. M. Vidal.

De acordo com Lumera, a luz solar também ajuda a elevar "a produção de progesterona na mulher e de testosterona no homem, incidindo favoravelmente na libido e na saúde reprodutiva, além de melhorar a circulação sanguínea em nível epidérmico e gerar efeitos terapêuticos em casos de artrites, reumatismos e artroses, assim como na capacidade de visão".

Sempre respeitando as recomendações dos dermatologistas para prevenir o câncer de pele, Lumera aconselha as pessoas a tomarem sol não apenas no verão, mas em todos os dias do ano durante 15 minutos ou desfrutar da luz natural quando não há sol direto, evitando uma exposição excessiva nas horas de maior irradiação.

Pagination

(2 Páginas) | Ler tudo
Carregando...

Siga o Yahoo Entretenimento