Konjac, o macarrão que ajuda a emagrecer

A Nigella Lawson: antes e depois (Fotos: AP)chef britânica Nigella Lawson, 51, causou polêmica com o emagrecimento fruto de uma dieta exótica. Nigella, que sempre foi considerada pelos fãs um ícone de mulher do tipo “cheinha” e sexy, chamou a atenção quando, repentinamente, apereceu em fotos com a silhueta mais afinada. A dieta seguida pela apresentadora do programa que leva seu próprio nome, e que as mulheres já chamam de “milagrosa”, é a base de um macarrão asiático de nome Konjac, também conhecido como shirataki e itokonnyaku no Brasil. O nome é devido à sua matéria prima: as batatas konjac, produzidas no leste do Japão.

Segundo a nutriocionista Ana Rosa Zaro, o sucesso do “miojo” se deve ao fato de a massa possuir 97% de água e 3% de fibras solúveis, na forma de uma substância viscosa chamada glucomana. “A Glucomana quando entra em contato com a água se expande no estômago, aumentando de volume de 8 a 12 vezes. Assim, proporciona sensação de saciedade e inibe o apetite”, diz Ana.

Confira também:
Cinco erros de quem faz dieta

Mulher Maçã apresenta sua nova dieta
Quer emagrecer? O chá verde pode te ajudar

Outra característica chamativa do Konjac é ele possuir apenas 10 calorias por porção e ser livre de carboidratos. Contudo, há um ponto negativo no produto: uma vez que a massa é constituida principalmente por água, o macarrão tem pouco (ou quase nenhum) sabor. Por isso, os adeptos do novo regime já “personalizaram” a receita com shoyu, frango, legumes, vegetais e peixes. Um segundo incoveniente é o de que ele contém poucos nutrientes e, por isso, não deve ser a única refeição do dia.

Em São Paulo, o “miojo” pode ser encontrado no bairro da Liberdade. As interessadas em perder alguns quilinhos comendo massa também podem encontrar o produto à venda em sites como o Amazon.com, Agronippo e Casa Bueno. Os preços variam entre R$ 5,50 e R$ 10.

Você pode acrescentar peixes e legumes à receita. (Foto: Thinkstock)Depois do efeito que causou em Nigella Lawson, o Konjac ganhou muita popularidade entre as mulheres que procuram uma maneira rápida e pouco sofrida de emagrecer. Muitos fãs da chef inglesa a criticaram por “trair” a imagem de gordinha feliz e escolher ter menos curvas. Contudo, segundo a própria assessoria da apresentadora informou à “Folha de S. Paulo”, Nigella “quis perder alguns quilos, mas seu desejo nunca foi ficar muito magra. Ela valoriza o prazer de comer e não acha que as mulheres precisam ser magras para serem bonitas e saudáveis".

No programa de Nigella, é muito comum ver a chef experimentar  receitas tentadoramente calóricas ao final de cada episódio.
Konjac: o macarrão milagroso (Foto: Thinkstock)

Carregando...
 

Siga o Yahoo Entretenimento