Preliminares

Tamanho do pênis, vício em musculação e competição com os amigos

Problemas de autoestima devido a pênis pequeno podem causar vigorexia. (Foto: iStock)Uma nova pesquisa chegou para comprovar o que muita gente já sabia: homens competem entre si. Da mesma maneira que dizem que a mulher se arruma para outra mulher, homens querem ter o pênis maior, não para garantir a satisfação sexual de sua parceira, mas para fazer bonito no vestiário. Vai dizer que não faz sentido?

E isso não é algo engraçado. É triste, na verdade. É tão triste quanto ver mulheres que não conseguem se amar porque não fazem parte do grupo que se encaixa perfeitamente no padrão de beleza vigente. A maioria dos participantes do estudo sentia-se inseguro em relação ao peso, forma física e tamanho do pênis.

Leia também:
Dá pra aumentar o tamanho do pênis?
Fratura de pênis, já ouviu falar desse problema?
Preliminares responde: sexo faz bem apenas para homens?

Quando alguém se sente assim, procura maneiras de mudar o foco das coisas. Nós, mulheres, sabemos muito bem isso, já que em todas as revistas femininas lemos como disfarçar isso ou aquilo. A artimanha masculina é um pouco diferente e talvez mais perigosa: vigorexia. Isso mesmo, os homens ficam viciados em academia.

A pesquisa, liderada por Annabel Chan Feng Yi, da universidade de psicologia de Victoria, aponta que muitos desses homens ficam obcecados pelo corpo e por musculação. É uma maneira de tirar o foco, já que o tamanho do bíceps – ou seja lá qual o músculo escolhido – vai chamar mais atenção do que o tamanho do pênis.

A médica, que entrevistou 738 homens entre 18 e 76 anos sobre imagem corporal, explica que a maioria dos homens se sente seguro na cama, mas se preocupa com os olhares do amigos.

De nossa parte, podemos dizer que não nos importamos com tamanho, já que nossas terminações nervosas estão na entrada do canal vaginal e apenas um terço das mulheres consegue ter orgasmo com a penetração. Seja bem-vindo a nossa luta contra padrões irreais pré-estabelecidos.

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).

Sobre Carol Patrocínio

Jornalista, passou por revistas impressas e pelos maiores portais do país. O interesse por escrever sobre sexo, comportamento e relações surgiu ao notar que essas informações poderiam melhorar a autoestima das mulheres e a percepção de si mesmas. Acredita que, muito mais do que prazer, sexo é autoconhecimento. Carol escreve no Preliminares desde dezembro de 2011.

 

Siga o Yahoo Entretenimento