Preliminares

Preliminares responde: se ele me ama tem que aceitar meus pneuzinhos?

"Carol, tenho 18 anos e sou gordinha. Meu ex-namorado não se importava com o fato de eu ter uns pneuzinhos a mais, na verdade, ele dizia que se eu emagrecesse não seria a mesma coisa, que eu era linda daquele jeito. Ficamos 8 meses juntos, não chegamos a transar por insegurança minha. Agora estou namorando de novo, mas o meu atual encara meu corpo de outra forma, ele diz que sou linda mesmo sendo gordinha, mas ele fez uma pergunta depois: "Você esta feliz com o seu corpo?" Eu disse que nunca liguei muito pra isso, que até perderia uma barriguinha e tal e ele disse que era pra eu fazer isso então, mas fazer por mim. Fiquei com isso na cabeça, minhas amigas dizem que ele não me ama, que quem ama aceita o outro da forma que é. Penso em perder a virgindade com ele, mas aí rola o medo de estar enganada... Me dê um help aí... Beijoos. :*"

Cada vez mais esse assunto está em alta: toda mulher tem que ser magra? Toda mulher precisa mesmo parecer que saiu da capa de uma revista? Homens gostam de mulheres ou de corpos perfeitos e malhados?

Leia também:
Falta de libido? Mude isso já!
Intimidade: o que é isso, afinal?

Beijo: ele não pode faltar no relacionamento

E essas perguntas podem ser respondidas em milhares de formas. Existem homens que só curtem mulheres que passam horas na academia, assim como existem mulheres que só gostam de caras malhados. Mas também existem caras que adoram uma gordurinha e não veem beleza em mulheres magras — também existem mulheres assim!

O que mais influencia tudo na nossa vida é a maneira como a gente se vê e se sente. Não importa se você é magra, malhada ou gordinha. Você gosta do que vê? Você se sente bem? E se sente bem de verdade ou só porque acha que deveria se sentir? A mesma pergunta serve pra quem se sente mal com o que vê — por que você se sente assim? Por você ou pelo que os outros acham que você deveria ser?.

Quando vamos nos relacionar com as pessoas precisamos antes nos conhecer, saber quem somos e, principalmente, o que não queremos. É simples mudar o que a gente busca, o que quer e o que sonha, mas mudar o que a gente não quer é quase impossível.

Eu, por exemplo, sei que não conseguiria me dar bem com uma pessoa machista, controladora, que não tem vontade de evoluir e mudar o mundo, ou que tivesse problemas com a minha linda coluna que fala sobre sexo abertamente. E você, o que você não quer?

Depois disso fica mais fácil. Você já tem seus parâmetros e agora é só trabalhar com eles. Tudo isso engloba também seu corpo e as mudanças que você pode ou não fazer nele. Dito tudo isso, vamos às perguntas:

"Não chegamos a transar por insegurança minha"
Sua insegurança foi em relação a perder a virgindade ou em relação a ficar nua na frente de outra pessoa? Se for em relação a perder a virgindade, isso é totalmente normal e acontece com todo mundo. Se você não se sentia segura agiu da melhor maneira e seguiu sua vontade.

Se sua insegurança é em relação ao seu corpo, é hora de pensar o motivo de se sentir assim. É por que você se sente assim mesmo ou porque é bombardeada com modelos inatingíveis todos os dias?

"Você está feliz com o seu corpo?"
Ele perguntou isso a você e eu faço a mesma pergunta: você está feliz com seu corpo? A pergunta que ele fez, seguida do que você contou - de que eles disse pra você mudar o que tem vontade por você - mostra, pelo menos pra mim, que ele se importa e quer que você se sinta bem.

Nem todo mundo precisa ser magra, nem todo mundo precisa ser gorda. A gente pode aceitar nosso corpo ou transformar o que nos incomoda. A escolha deve sempre ser sua, feita conscientemente e sem interferência de ninguém.

E você, o que sente em relação a tudo isso? Responda à você mesma com toda a sinceridade que puder.

"Minhas amigas dizem que ele não me ama, que quem ama aceita o outro da forma que é"
Vamos lá: pelo que eu entendi, ele não disse que você deveria emagrecer, que é feia, que não é sexy ou nada desse tipo. Ele perguntou como VOCÊ se sentia em relação ao seu corpo.

Primeira coisa: se ele se interessou por você e já conhecia o pacote completo é porque gostou de tudo, certo?
Segunda coisa: ele te ajudou a refletir, disse que quer que você se sinta bem. Isso é positivo, não?
Terceira coisa: cuidado com as amigas! Nem sempre elas sabem o que você sente, o que a outra pessoa sente e como foi a conversa.
Quarta coisa: a única pessoa que pode dizer se ele a ama ou não é ele. E você, pelo que você sente. Não deixe que outras pessoas digam isso.

"Penso em perder a virgindade com ele, mas aí rola o medo de estar enganada"
O que seria "estar enganada" pra você? É em relação aos sentimentos dele? Vamos pensar assim: quem vai perder a virgindade é você, é o seu corpo, você é quem vai conviver com os sentimentos e dúvidas depois disso.

Os únicos sentimentos que você vai ter certeza são os seus, então a melhor coisa é deixar que esse momento aconteça quando você estiver segura, tiver certeza que vai guardar boas lembranças e que a pessoa escolhida vai ser cuidadosa e respeitar suas vontades.

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).

Sobre Carol Patrocínio

Jornalista, passou por revistas impressas e pelos maiores portais do país. O interesse por escrever sobre sexo, comportamento e relações surgiu ao notar que essas informações poderiam melhorar a autoestima das mulheres e a percepção de si mesmas. Acredita que, muito mais do que prazer, sexo é autoconhecimento. Carol escreve no Preliminares desde dezembro de 2011.

Siga o Yahoo Entretenimento