Preliminares

Calcinha é coisa de homem?

Um assunto que vem me deixando pensativa há alguns dias é a tal calcinha masculina. O que, você nunca ouviu falar? Ah, então você não sabe o que está perdendo, menina! É a última moda. Até Beckham usa, apesar de ele preferir usar as calcinhas da esposa mesmo, sem essa coisa de ter as dele — e isso foi a própria Victoria Beckham quem contou para a imprensa.

Aposto que no primeiro momento em que falei de calcinha masculina você franziu o nariz. E aposto também que assim que falei de Beckham você deu aquela suspirada. Mas, e aí, continua sendo uma calcinha usada por homens, certo?Já existem algumas marcas que produzem os acessórios, mas as melhores são a gringa Xdress e a brasuca Cuelcinha. Ok, a brasileira já começou ganhando por causa do nome, claro!

Mas aí eu tenho certeza que você está se perguntando como são essas 'roupas de baixo'. E eu aviso: são imagens fortes e nada apropriadas para se ver no trabalho. Essa novidade vai muito além das cuecas fio dental que já cruzaram seu caminho. Preparada?


Agora respire fundo... Já conseguiu superar o choque/riso/desejo? Então vamos lá, continuando.

O que os criadores da novidade dizem é que a intenção é deixar o homem confortável. O site da Cuelcinha explica: "A empresa acredita que beleza, elegância e bem estar podem caminhar juntos. Respeitando a anatomia do seu corpo, oferece aos seus clientes produtos de excelente qualidade, com elegância, beleza, sofisticação, requinte, sedução e principalmente conforto". Segundo eles, a intenção da empresa é ser referência explorando ótima qualidade, autenticidade única e bom gosto.

Já a americana Xdress, que existe — pasmem! — desde 1987, deixa claro na entrada do seu site que ele é sobre crossdressing. Pra quem não sabe, esse é o nome de homens que gostam de se vestir com roupas femininas, mesmo que o hábito não interfira na sua orientação sexual.

Você já entendeu um pouco o conceito, já viu as fotos e teve um tempinho para pensar no assunto. Conta pra gente, então: qual seria sua reação se o gato, na hora h, tirasse as calças e estivesse vestindo uma linda calcinha masculina?

Sobre Carol Patrocínio

Jornalista, passou por revistas impressas e pelos maiores portais do país. O interesse por escrever sobre sexo, comportamento e relações surgiu ao notar que essas informações poderiam melhorar a autoestima das mulheres e a percepção de si mesmas. Acredita que, muito mais do que prazer, sexo é autoconhecimento. Carol escreve no Preliminares desde dezembro de 2011.

Siga o Yahoo Entretenimento