Pé na Cozinha

Churrasco bom é churrasco japonês

Muitos estranham quando digo que churrasco bom é churrasco japonês. Mas, após provar muitos tipos de churrascos, este foi o que mais me encantou.

Leia também:
Galinhada do chef Alex Atala
Receita de arroz ao forno


Japoneses possuem um carinho muito grande com a comida e, ao conhecer o restaurante Yakitori, em São Paulo, me comoveu a maneira como aproveitam os alimentos.

Encontramos por lá diversos espetinhos, ou “robatas”, como são chamados. São mais de 20 sabores diferentes. Os mais pedidos são os de coxa de frango, quiabo, alho, pele de frango, coração de galinha, shitake, abobrinha e aspargos com bacon.  Todos feitos como manda o figurino oriental, servidos no espetinho de bambu com molho teriaki e de ervas.

O segredo dessa delícia estão nos dois molhos usados para temperar! Basta misturar os ingredientes, anotem aí :

Molho teriyaki:
- 500 ml de saquê
- 100 ml de saquê mirin
- 300 ml de shoyu
- 350 g de açúcar
- 80g de gengibre ralado

Molho de ervas:

- 2 colheres de sopa de salsa fresca picada
- 1 colheres de sopa de hortelã picada
- 1 colheres de sopa de folha de shissô picada (se não encontrar essa erva, pode usar cebolinha picada)
- 2 colheres de sopa de azeite de oliva
- 1 colheres de sopa de shoyu
- 1 colher de sopa de suco de limão siciliano

Duas receitas para usar esses molhos:


*Robata de tomate cereja e bacon (01 porção)


Ingredientes:
- 3 tomates cereja
- 1 espetinho de bambu (ou de churrasco)
- 3 fatias bem finas de bacon
- Molho teriyaki e de ervas a gosto

Modo de preparo:
- Enrole o bacon no tomate cereja e espete-o no espetinho escolhido.

- Pincele com os dois molhos.

- Se não tiver uma churrasqueira pequena ou a de carvão tradicional, pode usar uma frigideira ou chapa de ferro. Coloque azeite e grelhe até o bacon ficar dourado, virando-o quando necessário.

*Robata de fígado ou coração de frango


Ingredientes:
- 5 fígados ou coração de frango limpos
- 1 espetinho de bambu (ou de churrasco)
- Molho de ervas e teriyaki a gosto

Modo de preparo:

- O processo é igual ao anterior, porém é bom levar em consideração que o fígado deve ser feito com mais tempo para não ficar cru por dentro. Leva cerca de seis a oito minutos. Uma dica boa é colocar uma tampa depois que grelhar de cada lado, assim o cozimento será mais rápido.

O processo vai se repetir para qualquer alimento: carne, frango, peixe ou legumes. Lembrando também que o corte dos mesmos precisam ser iguais e de preferência pequenos, para a cocção ser mais rápida e não dar um sabor amargo por causa do molho.

Sobre Vivi Araújo

Vivi Araújo é formada em Gastronomia e já trabalhou (e ralou!) em muitos restaurantes de São Paulo. No blog Pé na Cozinha, ela ensina como preparar algumas receitas deliciosas em casa, além de apresentar aqui no Yahoo o programa de mesmo nome ao lado dos mais renomados profissionais da área. É impossível resistir às delícias da cozinha da nossa chef.

Siga o Yahoo Entretenimento