Pelos, nunca mais?

Se você sempre sofreu com a depilação mensal, semanal ou até diária — caso de quem usa lâmina, por exemplo, para depilar áreas sensíveis como a axila —, diminuir a velocidade de crescimento de pelos ou até mesmo a quantidade deles parece uma utopia. Mas, segundo a indústria de cosméticos, já é possível.

Várias empresas têm lançado produtos que prometem ajudar nessa missão de acabar
de vez com os pelos — ou, no mínimo, espaçar as sessões de depilação. As novidades
vão desde gel de barbear até sprays e cremes depilatórios mas, segundo a médica nutróloga Maria Raris, o uso precisa ser bem avaliado para fazer efeito. "Se a causa do crescimento excessivo de pelos for uma desordem hormonal é necessário bloquear a ação dele através de medicamentos de ação sistêmica".

Entre os principais produtos do mercado estão produtos como o Bioxet, composto por um complexo herbal, e o Regenerage, produzido a partir do princípio ativo Epilami, além do acido azelaico, que pode ser manipulado. "O acido azelaico inibe a transformação da testosterona em DHT, hormônio responsável pelo crescimento dos pelos e pela oleosidade da pele. Esse medicamento também combate a acne", explica Maria Raris. Já o Epilami age contraindo os vasos sanguíneos e reduzindo a velocidade de formação de novos pelos. A única contraindicação para esse método são pessoas com as chamadas "feridas crônicas", provocadas por problemas vasculares.

Todos esses produtos tópicos funcionam de forma progressiva; ou seja, não basta passar uma vez.Usando todos os dias, garantem os fabricantes, a estrutura do pelo se modifica e, aí, o crescimento deles diminui consideravelmente. Interrompendo o tratamento, os pelos voltam ao que eram antes.

Desodorantes
Existem até mesmo desodorantes que garantem possuir esses ativos em sua composição. Eles podem ajudar a fazer os pelos crescerem com menos velocidade, mas não funcionarão de maneira tão rápida quanto os dermocosméticos — e, mais importante, não vão surtir resultados em alguém que tenha problemas hormonais. "Por serem comercializados sem necessidade de prescrição médica, os desodorantes apresentam menor concentração dos princípios ativos", explica Maria.

"Vale lembrar, na hora de escolher, que o único método capaz de realmente 'parar' o crescimento dos pelos é a depilação a laser", assegura a médica especializada em medicina estética Luciana Hitomi, da Clínica Slim Clinique (RJ).

Quatro dicas para usar inibidores de crescimento dos pelos:

- Peça a dica para seu médico; só ele poderá te indicar quais os compostos mais
indicados para sua pele, ou dizer se os produtos funcionarão.

- Os produtos manipulados costumam ser mais eficazes do que aqueles vendidos em
farmácia, como desodorantes, que contêm os ativos em pouca quantidade.

- Para o produto fazer efeito, o uso precisa ser contínuo, ou a estrutura do pelo não vai
se enfraquecer.

- Para acabar com os pelos de vez, não tem jeito: a única solução é a depilação a laser.
Procure uma clínica confiável para isso.

Tudo sobre depilação No Facebook

Enquete Yahoo!
Carregando...
Opções de escolha da enquete