• Você já escolheu o restaurante para levar sua mãe no dia 10 de maio? Se a grana estiver curta, que tal preparar um lindo almoço com três receitas de inspiração tailandesa, criadas pela chef Renata Vanzetto, e que fazem parte do cardápio do restaurante Marakuthai. Confira as receitas abaixo:

    Entrada: Peixe crocante (chef Renata Vanzetto) 

    Ingredientes:

    Purê de batata doce:
    25g de batata doce roxa
    Uma xícara (de chá) de leite de coco
    Uma colher de sopa rasa de sal

    Alho e tomate assados:
    8 unidades de tomate cereja
    Uma cabeça alho com casca
    Uma xícara (de chá) de azeite

    Chips de batata doce:
    Batata doce cortada em lâminas bem finas no descascador de legumes
    Óleo para fritar

    Peixe:
    145g de filé pescada amarela (limpa)
    180g purê de batata doce
    Uma colher de sopa rasa de sal
    Cabeça alho assado
    8 unidades de tomates assados
    10g chips de batata doce
    2 galhos de tomilho

    Para empanar:
    Farinha de trigo a gosto
    1 ovo
    Farinha de milho flocada a gosto

    Modo de preparo:

    Do purê de batata doce: Descasque a

    Leia mais »from Surpreenda sua mãe com menu tailandês feito em casa
  • Oito coisas que você não sabia sobre seu desejo sexual

    Fonte: Think Stock
    Quando um não quer, dois não brigam – e também não fazem sexo. A Marie Claire gringa entrevistou Nancy Simpkins, médica pública do estado de Nova Jersey especializada em saúde da mulher. Ela trabalha principalmente questões de libido feminina durante a gravidez, menopausa e depressão. Veja a seguir oito coisas que você precisa conhecer a respeito do seu desejo sexual.

    1. Quanto mais testosterona, maior a libido: Os homens possuem quantidades mais elevadas de testosterona do que as mulheres. Mas o interessante é que mulheres mais jovens têm uma quantidade maior de testosterona circulando do que mulheres mais velhas na menopausa, o que contribui para a queda na libido delas com a idade.

    Fonte: Think Stock
    2. O desejo sexual delas alcança o ápice mais tarde que o deles: O senso comum é de que o pico das mulheres acontece em torno dos 32 anos e o dos homens aos 18 – e é verdade, de acordo com Simpkins. “As libidos são pessoais de cada um, mas parece que o pico masculino acontece numa idade mais jovem neles

    Leia mais »from Oito coisas que você não sabia sobre seu desejo sexual
  • Novo endereço


    A partir de agora, vocês podem nos acompanhar no www.mulheresincriveis.org

    Adoramos sua companhia enquanto estivemos aqui. Agora, na nova casa, estamos esperando pela sua visita!

  • Um mundo melhor para as mulheres é mundo melhor para todo mundo.  

    Nós incluímos, a Brenda e eu, esta declaração na nossa mini-apresentação aqui ao lado porque estamos absolutamente convencidas da sua urgência e relevância. Por isso, em mais de uma centena de posts aqui publicados nos últimos meses, trouxemos diferentes expressões, opiniões, experiências, análises e estudos sobre o tema que hoje está na pauta e meta das grandes lideranças em todo o mundo: a necessidade da inclusão de mais mulheres nos cargos de comando. 

    A busca da diversidade no poder não é só um modismo politicamente correto. É a procura consciente de novos atores e olhares para o mundo em explosiva transformação. Há alguns anos, quando começamos a falar do assunto, parecia mais uma causa feminista (e é claro que é, mas não só) em defesa de espaço e igualdade de direitos. Hoje, com a rapidez viral com que as ideias se espalham e refletem o espírito do tempo, equidade de gênero virou uma defesa estratégica de

    Leia mais »from Breves lições de mulheres incríveis e poderosas
  • Simone vai embora do País. Tem dinheiro para se manter, no máximo, e com bastante aperto, por 3 meses.

    Eu pedi para que ela ficasse. Não, não, eu disse para que ela esperasse mais um pouco, que juntasse um pouco mais de grana, que economizasse morando na minha casa.

    Mas Simone tem os olhos cansados de tanto viver a mesma vida, frequentar os mesmos parques, trabalhar no mesmo prédio e frequentar os mesmos círculos. Com a franqueza que sempre nos caracterizou, diz que está cansada de mim. E eu não tenho como tirar sua razão...

    Vou levá-la ao aeroporto. Vamos evitar uma cena triste, vamos nos despedir com carinho e história que segue. Ela diz que vai me escrever, me contar suas aventuras, me alimentar de novas experiências - e vai ser como se eu estivesse junto. Hahaha!

    Ela diz. Eu escuto. Nenhum dos dois acredita nisso. Mas, ok, merecemos uma última mentira antes do embarque. Um beijo. Sóbrio. E nada mais.

    Em alguns dias, Simone vai achar um novo apartamento, ter um canto preferido neste

    Leia mais »from Simone vai embora do País
  • Depois de três anos e meio uma fase se encerra. Me despeço do Blog Mãe de Salto Alto com a sensação de dever cumprido. Tenho certeza que usei esse espaço maravilhoso para trocar ideias com muita gente que, como eu, está iniciando na arte de criar filhos. Nesse período tentei ajudar você, leitor, a entender as notícias do brasil e do mundo relacionadas ao universo da maternidade, a resolver dilemas do dia-a-dia, a lembrar das datas das campanhas de vacinação, entre outras coisas.

    Tudo bem que a ideia inicial era apenas dividir minhas experiências mas, durante todo tempo, tentei mesclar o que vivia com coisas que interessariam quem estava do outro lado. Na medida do possível tentei fazer mesmo um bate-papo virtual. Respondi boa parte dos emails que recebi, fiz até algumas amizades com mães que enfrentavam problemas parecidos.

    Hoje digo "até logo" feliz por ter cumprido uma missão que me foi confiada, mas triste por não termos mais esse canal de comunicação. De qualquer maneira, nós vamos

    Leia mais »from Hora de dizer até logo!
  • Foto: Reprodução/ Revista ElleFoto: Reprodução/ Revista Elle


    Mês me maio chegando e milhares de títulos chegando às bancas. Nada de novo sob o sol, certo? Errado. Nesse belo mês a equipe de uma revista respirou fundo e resolveu fazer algo que nenhuma revista de moda brasileira ainda tinha feito: colocou uma mulher gorda na capa – a Juliana Romano, que está MA-RA-VI-LHO-SA.

    Mulheres gordas existem, basta olhar ao redor para constatar. Então porque elas nunca aparecem em capas? Por que sempre têm suas curvas photoshopadas quando aparecem em algum lugar? E estou falando de mulheres gordas de verdade, não aquelas das campanhas de real beleza, que são grandes, mas com tudo durinho e no lugar em que o padrão gostaria que fosse.

    A revista que fez isso foi a Elle, apenas a maior de moda no mundo. E foi no iPad. Ok, não é o mundo perfeito, mas existe a representatividade e as vendas se mantém, já que a edição que vai para as bancas leva uma capa espelhada e mostra você, mulher normal, na capa.

    Mas por que isso tudo é tão importante? Exatamente porque

    Leia mais »from Revista de moda coloca mulher gorda, sem retoques, na capa. Qual a importância disso?
  • Acaba de sair um relatório da ONU sobre a situação das mulheres no mundo. “Progresso”, o estudo, propõe medidas para acelerar a correção de desigualdades de gênero e define uma nova agenda sobre o tema.

    Com o subtítulo “transformando economias e conquistando direitos”, o documento também traz uma macrofoto das desigualdades entre homens e mulheres no mundo. Escolhi 5 dados chocantes sobre a situação:

    1.     Apenas metade das mulheres do mundo participam da força de trabalho (no caso dos homens, são ¾).

    2.     Em média, no mundo, as mulheres ganham 24% a menos do que os homens. “Quando elas têm filhos, o gap é ainda maior. No sudeste asiático, por exemplo, o gap salta de 14% para mulheres sem filhos para 35% para as que têm crianças”, diz o documento.

    3.     Na França e na Suécia, ao longo da vida, a expectativa de ganho da mulher é de 31% a menos do que os homens. Na Alemanha, de 49% e na Turquia, de 75%.

    4.     83% dos trabalhadores domésticos do mundo são mulheres (no Brasil, são 90%).

    5.

    Leia mais »from A vida das mulheres continua difícil, mas pode melhorar, diz relatório da ONU
  • Foto: Getty ImagesFoto: Getty Images


    De todos emails que recebo pedindo ajuda/troca de ideias com relação a criação dos pequenos, 90% são de mães desesperadas porque os filhos não querem saber de comer frutas, legumes e verduras. Sendo assim, sempre faço posts nesse sentido. Já entrevistei médicas, chefs de cozinha e outras mães que têm boas sacadas e ajudam muita gente com suas ideias. Dessa vez, a mãozinha vem da nutricionista Maybe Cristina Milan Lemos (que ainda não é mãe, mas que leva o maior jeito) e do livro que ela escreveu para estimular o consumo de frutas pelas crianças: "Salada de frutas".

    Na obra (distribuída gratuitamente nas escolas de Cascavel, no Paraná, mas que pode ser comprado através do email maybenutry@hotmail.com), a especialista mostra que as frutas, além de saborosas, desempenham papel importante na nossa saúde. A personagem principal é Marianinha que depois de se machucar e ficar presa no pomar de sua casa, descobre que as frutas podem saciar a fome, a sede e até mesmo ajudar a sarar um machucado.

    Leia mais »from Livro que ajuda na alimentação dos pequenos
  • Cinco razões científicas por que as mulheres preferem os cafajestes

    Fonte: Think StockAnos e mais anos de cafajestes por todo lugar e resta a pergunta: por que mulheres ainda caem nas graças de sujeitos mal intencionados? Enquanto alguns dizem que a culpa é deles por se aproveitarem da ingenuidade alheia, outros preferem acreditar que às vezes elas se entregam rápido demais. Mas de acordo com o Elite Daily, existem cinco razões que a ciência usa para explicar por que as mulheres continuam caindo nas garras dos bad guys. Veja só quais são elas!

    Fonte: We Heart It1. Existe um “paradoxo do cara legal” de verdade
    Dois estudos destacados pelo Sex Roles exploram o paradoxo. O estereótipo do cara legal, um homem doce, gentil e sensível, é rejeitado pelas mulheres por conta de “outras características salientes”, como um corpo bonito ou personalidade ultraforte. Ambas as pesquisas apontam que as qualidades dos caras legais são mais desejáveis em relacionamentos de longo prazo, prevalecendo a atração física em termos de relacionamentos sexuais. Em outras palavras, as mulheres preferem os bonzinhos

    Leia mais »from Cinco razões científicas por que as mulheres preferem os cafajestes
Carregando...

Paginação

(1.000 histórias)