• https://www.ted.com/talks/andrew_solomon_love_no_matter_what

    TED para ver depois da novela das 9

    Está no Netflix um dos mais emocionantes TEDs dessa década: “Amor acima de tudo” (tradução livre), do escritor Andrew Solomon, autor de dois livros absurdos de bons: O Demônio do Meio-Dia, uma radiografia de sua própria depressão, e Longe da Árvore, um lindo tratado sobre a diversidade. O TED de Solomon é um resumo do último livro, um catatau jornalístico. Incumbido de fazer uma reportagem sobre os surdos, Solomon passa a mergulhar no universo dos “diferentes”, daqueles que não nasceram iguais aos pais: além dos surdos, gays, anões, esquizofrênicos, pessoas com Down. Sou suspeita porque adoro Somolon, mas garanto que quem se aventurar no vídeo-palestra ou melhor ainda, no livro, vai se deliciar com as reflexões espertas do escritor.

    O próprio Solomon sofreu com o selo dos diferentes. Disléxico e gay, passou pelo medo da rejeição, pela dificuldade de assumir sua condição e, finalmente, pela

    Saiba mais »de Em tempos de intolerância, a melhor mensagem sobre a diversidade
  • A melhor maneira de aceitar seu cabelo desde pequena é ver os adultos a sua volta fazendo o mesmo.A melhor maneira de aceitar seu cabelo desde pequena é ver os adultos a sua volta fazendo o mesmo.


    Recebi esses dias no Facebook um vídeo que me fez chorar. É uma campanha de uma marca de produtos de higiene que acaba de ser lançada nos Estados Unidos para incentivar as meninas a gostarem dos seus cabelos cacheados. O filme começa dizendo que só 4 em cada 10 meninas gosta e aceita seus cabelos cacheados. Algumas das que não gostam dão depoimentos de cortar o coração.

    O vídeo Dove Hair: Love Your Curls está fazendo tanto sucesso e tocou num ponto tão importante que, em 2 dias, foi visto por 3 milhões de pessoas. A mensagem principal que a marca transmite é que a melhor maneira de aceitar seu cabelo desde pequena é ver os adultos a sua volta fazendo o mesmo. Se sua mãe perde horas no salão pra alisar o cabelo, dificilmente você vai gostar do seu crespo.

    Mas o que me chamou mesmo a atenção foram os depoimentos das meninas, pequenininhas, e já tão insatisfeitas com as próprias imagens. Meninas lindas de cinco, seis anos, nove, onze anos, que já colocaram na cabeça que não são bonitas,

    Saiba mais »de Cada um com a sua beleza
  • Estudo afirma que somos programados para arrumar um novo amor após um rompimento

    Quando eu era adolescente e chorava por causa do fim de um relacionamento que eu jurava que era perfeito – até cair na real e entender que, bem, eu só era uma adolescente dramática – minha mãe sempre dizia a mesma frase: rei morto, rei posto. Parece besteira, mas um estudo acaba de comprovar que somos programados naturalmente para encontrar um novo amor depois de um fora!

    Machucar o outro não diminui sua dor

    Na verdade é uma revisão de estudos, que é a maneira mais eficiente de encontrar resultados verdadeiros, feita por Brian Boutwell e sua equipe da Saint Louis University. De acordo com a descoberta, nossos cérebros têm um mecanismo que nos ajuda a superar a perda de um amor e buscar outro rapidinho. Sobrevivência e seleção natural, amigos.

    Sete passos para terminar um namoro sem perder a dignidade ou machucar o outro

    A ideia do cérebro é nos tirar de situações tumultuosas o quanto antes. E nada melhor do que se apaixonar novamente. É quase aquela ideia de tomar uma cerveja para

    Saiba mais »de Estudo afirma que somos programados para arrumar um novo amor após um rompimento
  • Diogo estava nu, amarrado na cama de um motel barato e olhando para o teto. Tentou acalmar o coração e  pensar em coisas boas. Lembrou de quando era criança e ainda achava que, com um esforço de concentração, poderia fazer o tempo andar para trás - podendo, assim, corrigir seus passos e consertar qualquer situação.

    Tal concentração, óbvio, não teve nenhum resultado prático. Ele ainda estava lá, na mesma cama, com os pulsos e os calcanhares presos. Ao menos, ao tentar retroceder algumas horas, dias e anos, Diogo teve tempo de repensar tudo o que fez para terminar naquela situação constrangedora e de consequências imprevisíveis para o seu próprio futuro. 

    Desde adolescente, Diogo alimenta um fetiche. Na verdade, Diogo alimentava um clichê nada original, o tipo de desejo que não deve levar nenhum cara para a terapia. Diogo sonhava em transar com duas mulheres ao mesmo tempo.

    Tanto que o sexo solitário da sua adolescência tinha como roteiro imutável, vejam só, a participação de duas

    Saiba mais »de Diogo estava nu, amarrado na cama de um motel barato e olhando para o teto
  • Onze regras inegociáveis do casamento (e que ninguém fala a respeito)

    ThinkstockThinkstock


    Parece até que foi ontem que vocês subiram no altar e fizeram a promessa de ficar juntos na saúde e na doença, na pobreza ou na riqueza, no pior ou no melhor. Surreal! Mas à medida que os anos vão passando, e a coisa vai ganhando forma e rotina, as regras silenciosas da convivência finalmente ficam claras como um dia ensolarado. Veja a seguir quais são as onze atitudes, selecionadas pelo Pop Sugar, que você deve manter para sustentar os laços matrimoniais - e veja se você é capaz!

    Fonte: We Heart It
    1. Apenas acene com a cabeça e concorde. Você pode achar que é a ideia mais idiota que já ouviu, mas não importa. Apenas acene positivamente com a sua cabeça e espere que funcione para ele.

    2. Jamais diga “eu te avisei”. Não funcionou, né? Bem, não diga uma palavra. Porque você ama ele.

    3. Saiba quando calar a boca. Você pode ser uma esposa bastante vocal, mas saiba quando manter os lábios pregados. Exemplo: enquanto o seu homem estiver montando o kit de parquinho das crianças sob um calor de 40 graus, ele

    Saiba mais »de Onze regras inegociáveis do casamento (e que ninguém fala a respeito)
  • Cuidados pré e pós operatórios ajudam a minimizar o inchaço após a retirada do siso. (Foto: GettyImages)Cuidados pré e pós operatórios ajudam a minimizar o inchaço da retirada do siso. (Foto: GettyImages)

    O terceiro molar, popularmente conhecido como siso ou dente do juízo, é muito conhecido pelo seu alto índice de indicação de extração. Dente do juízo é um nome popular, que associa a ideia da maioridade com o juízo do indivíduo, pois este dente normalmente erupciona próximo aos 18 anos de idade, sendo o último dente permanente da arcada dentária.

    Por estar localizado no fundo da arcada dentária existe uma maior dificuldade de higienização deste dente, principalmente quando ele esta semi-erupcionado. Essa dificuldade aumenta a probabilidade de cáries. Além disso, podem surgir outros problemas, como pericoronarite, que é a inflamação da gengiva ao redor do siso, e outros mais graves, como reabsorção da raiz do segundo molar. Essa reabsorção pode levar a perda do dente, devido ao mau posicionamento, que ocorre principalmente em dentes inclusos.

    O siso tem um alto índice de indicação de extração, preocupando a grande maioria dos pacientes; e entre as principais razões para isso estão a

    Saiba mais »de Cuidados para amenizar o inchaço após retirada do siso
  • Há uma semana uma amiga minha sofreu violência doméstica. A primeira coisa que eu disse foi: procure a polícia. A história, a partir daí, só fica mais triste. Humilhação e assédio por parte de quem deveria ajudar – o caso até virou um texto escrito pela Clara Averbuck no Lugar de Mulher e foi replicado no site da revista Carta Capital – e a triste constatação de que ninguém quer que a denúncia seja levada a diante. É como se a intenção fosse sempre evitar o trabalho extra.

    Pesquisa afirma que 99,6% das mulheres já sofreram assédio nas ruas

    Ontem, então, foi divulgado no Fantástico um estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e pela Fundação Getúlio Vargas: 40% das entrevistadas - guardas municipais, pericia criminal, Corpo de Bombeiros e das Policias Civil, Militar e Federal - disseram já ter sofrido assédio moral ou sexual no ambiente de trabalho e apenas 11,8% delas denunciam esse abuso. Se as próprias policiais não têm coragem/estômago para denunciar por saberem do

    Saiba mais »de Qual a ligação entre 40% das policiais já terem sofrido assédio sexual ou moral e a ineficiência da Delegacia da Mulher?
  • A reposição de copos e taças numa casa é frequente. Vira e mexe quebra-se esse item, deixando jogos incompletos e abrindo espaço para os famosos copos de requeijão - que por sinal, são muito úteis!

    Foto: Sommelier Wine

    Mas você sabe como cuidar desses item para eles durarem mais? O Pode Entrar! vai te ajudar!

    Copos: 

    Para começar, tome cuidado para colocar líquido quente dentro. O copo pode trincar e até causa algum tipo de acidente. Se você tiver que fazer isso, envolva-o em um pano molhado com água morna ou coloque dentro do copo uma colher de prata. 

    Se você tiver guardado em pilhas e os copos tenham ficado presos, não force. Mergulhe-os em água quente e no primeiro da pilha acrescente água fria. Eles se soltarão.

    Taças:

    As taças de cristais não devem ser lavadas com produtos saponáceos e, sim, com apenas água e sabão. Se tiver manchas, esfregue uma fatia de cebola.

    Na hora de lavar, coloque uma pano no fundo da pia, assim evita que elas quebrem caso escorregue. Há no mercado esponjas

    Saiba mais »de Saiba como cuidar de copos, taças e garrafas de vidro
  • image

    Legenda: Prato do restaurante Capim Santo

    Em cada canto de São Paulo há uma culinária diferenciada. O sabor, o preparo, o modo de arrumar a mesa, o toque especial de cada chef e o jeito de servir.  Do dia 30 março a 19 de abril, a Restaurant Week realiza a 16ª edição do festival na capital paulista e pela primeira vez, traz aos apreciadores da boa gastronomia, três semanas oficias para todo o público. Além disso, o festival é uma ótima opção para reunião familiar e rede de amigos para apreciar pratos saudáveis. Com o tema “Gastronomia Saudável”, a atual edição prioriza ingredientes naturais e frescos na composição dos pratos.

    Os chefs dos mais de 200 restaurantes participantes criarão menus explorando a união de ingredientes saudáveis, aplicados em um prato repleto de cores e sabores. Para Fernando Reis, realizador do festival, a ideia é democratizar a boa gastronomia.  “O tema da vez propõe o desafio de extrair o máximo de sabor de cada iguaria, mantendo os parâmetros saudáveis. A

    Saiba mais »de 16ª edição do Restaurant Week começa dia 30 de março
  • Dez situações que confundem os homens na cama

    Fonte: Think Stock
    Os mistérios femininos vão muito além dos potenciais clitorianos presentes na mente masculina. Para boa parte dos homens, é difícil entender uma porção de coisas que as mulheres fazem quando a questão é sexual. Como você consegue ficar tão animada após um orgasmo? Não está esgotada? É possível não estar pronto pra cair no sono depois de transar? Diante de tantas oposições, a revista Cosmopolitan destacou as dez situações que colocam os caras em dúvida total. Veja a seguir quais são elas:

    1. Por que você quer as luzes apagadas? Metade da diversão está em olhar o corpo do seu parceiro nu. Sexo com as luzes apagadas é como ir a um jantar dançante com uma venda nos olhos.

    2. Você quer que a gente termine logo se não está muito a fim? Acontece. Você está disposta a transar com seu parceiro mesmo quando não está no clima, mas aí não consegue esconder a falta de entusiasmo. O que nos resta é olhar para sua expressão entediada – e imaginar se devemos acabar com tudo logo de uma vez ou

    Saiba mais »de Dez situações que confundem os homens na cama
Carregando...

Paginação

(1.000 artigos)

Siga o Yahoo Entretenimento